Prefeito e secretários recebem segmentos diversos para avaliação de dados de sua gestão
A recuperação de máquinas e veículos em oficina própria é um dos pontos avaliados como positivo
Publicado em: 12/03/2018 ás 07:31:00 Autor: ASCOM/PMNBS/Benedito F. de Souza Fonte: ASCOM/PMNBS/Benedito F. de Souza

Em evento que reuniu representantes da sociedade organizada de Nobres, entre empresários comerciais, líder religioso, comerciantes, industriário, parlamentares e secretários municipais, o prefeito Leocir Hanel apresentou uma prestação de contas da sua gestão, relativa ao exercício de 2017.

Foi no último dia 08/03, no Plenário “Lagoa Azul”, anexo à sede da Prefeitura Municipal de Nobres, com início às 19:00 horas. Participaram, os empresários comerciais Daniel Dalmolin, Alan Odorizzi, o pároco da Igreja Católica, Raul, o gerente geral da fábrica da Votorantim Cimentos em Nobres, Orlando Araújo; vereadores Zaira Borges Valandro, André Avelino Bezerra, Gida Ferreira, Oscar Lara e Adelian Messias, este último, presidente do Legislativo.

Inicialmente, a secretária municipal de Administração, Planejamento e Gestão, Mara Lurdes Ohlweiler, fez a abertura e o prefeito Leocir Hanel apresentou, em slide, os dados da sua gestão, com ênfase para a prática da economia como forma de equilíbrio nas contas públicas.

Os gastos com combustível diminuíram consideravelmente com a aplicação de rigoroso controle das requisições, controle da frota através de sistema informatizado, ajuste no demonstrativo quadrimestral do Fethab e a instalação de tanque com capacidade para 15.000L cúbicos, com bacia de contenção, em atenção a lei ambiental pertinente. Ao final, registrou-se uma economia de cerca de 76,33% nos gastos com combustíveis.

O prefeito Leocir Hanel mostrou aos presentes naquela reunião que os pontos positivos estão no contrato hospitalar, cujos repasses estão em dia, implantação de um lava-jato dentro da Secretaria Municipal de Infraestrutura, instalação de borracharia, de oficina mecânica e tanque de combustível junto ao setor de obras e serviços.

Dentro dessas respostas, consideradas positivas, Leocir Hanel aponta um projeto de maximização da arrecadação, avaliação criteriosa de gastos e aquisição de produtos de qualidade para a iluminação pública. No setor da saúde, contratação de médicos para atendimento na zona rural, exercício do controle da frota municipal, criação da Ouvidoria Municipal; mutirão de limpeza em todos os bairros e parceria com empresas locais.

A recuperação de máquinas e veículos em oficina própria é um dos pontos avaliados como positivo dentro do processo de economicidade apresentado na reunião com os convidados.

A finalização das obras da estação rodoviária, com recursos próprios, após o abandono pela empresa contratada para a execução dos serviços, conforme autorização da Caixa Econômica Federal, após gestões junto ao setor.

A reforma da Escola Municipal Marechal Rondon, no núcleo urbano de Roda d’Água, com recursos próprios, a reforma da Escola Zeferino Dorneles, em Bom Jardim, com recursos do salário educação, reforma e construção de fachada do PSF do Jardim Petrópolis, com recursos próprios e ainda o manilhamento da margem da MT-241, setor urbano do Jardim Petrópolis, são ações implementadas e apontadas pelo prefeito Leocir Hanel.

A secretária Municipal de Saúde, Aparecida Clestiane da Costa Souza, também apontou algumas medidas relevantes que mudaram a conceituação no setor da saúde, com esclarecimentos seguros de que as ações contribuíram e vão continuar avançando para melhorar o setor.

A redundância dos esclarecimentos do prefeito Leocir Hanel é a revelação de um projeto amplo de busca de meta fiscal que permita os investimentos com recursos próprios e uma dinâmica de gestão que traga solução, senão de todos os problemas existentes, pelo menos de uma boa parte deles com economia e metas definidas no âmbito de todas as secretarias, demonstradas em relatórios e acompanhamentos pela administração central, conforme preconiza o chefe do Executivo nobrense, Leocir Hanel.

Dentro daquilo que restou demonstrado pelo prefeito Leocir Hanel, chama a atenção uma extensa lista de débitos acumulados de gestões anteriores que atrapalham o bom andamento da administração, sendo os de relevância, as más gestões no fundo de previdência e dívidas herdadas que vão se transformando em precatórios através de ações judiciais impetradas contra o município ao longo dos anos.

Ao final, após esclarecer sobre receita e despesa, gastos com pessoal, abaixo da meta prevista pelo TCE-MT., o município ainda vai realizar processo seletivo para tentar melhorar os índices de gastos com pessoal e redução de despesas, mensais e anual, pelo que agradeceu a atenção de todos os presentes.