Escola trabalha o estímulo ao empreendedorismo para a melhoria socioeconômica
O empenho em realizar esse convênio tem o mérito da Secretaria Municipal de Educação
Publicado em: 19/12/2017 ás 14:32:00 Autor: ASCOM/PMNBS Fonte: ASCOM/PMNBS com Escola Mun. "Dalci Cândida de Souza"

A Escola “Dalci Cândida de Souza” aplicou o Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) direcionado aos primeiro anos do Ensino Fundamental (1° ao 5° ano). E isso só foi possível através do convênio feito pela secretaria Municipal de Educação junto ao SEBRAE, de acordo com a diretora Lucélia Almeida.

O empenho em realizar esse convênio tem o mérito da Secretaria Municipal de Educação, através de Edilman Rondon e da Assessora Pedagógica, Edilene Campos, que não mediram esforços para que essa parceria acontecesse.

A proposta do JEPP é a de que a educação deve atuar como transformadora desse sujeito, ao mesmo tempo em que o incentiva a quebra de paradigmas e ao desenvolvimento empreendedor. A proposta incentiva os estudantes a tomarem decisões e a terem um olhar observador para que possam identificar ao seu redor oportunidades de inovações, mesmo em situações desafiadoras, formando futuros líderes e empreendedores no mundo do comércio.

O Jovens Empreendedores Primeiros Passos, é um programa do Sebrae, voltado a trabalhar a visão empreendedora desde a infância, para que possa formar futuros empresários e fomentar a economia familiar.

A metodologia do projeto é toda desenvolvida pelos alunos; e é criada através das aulas especiais que estimulam as características empreendedoras individuais através de atividade lúdicas.

No final do processo de criação, foram realizadas feiras de negócios onde os alunos aplicaram na prática a metodologia do JEPP, vendendo os produtos confeccionados por eles no decorrer do ano.

Os pais e toda comunidade compareceram em massa ao evento final do programa, prestigiando os trabalhos desenvolvidos.

A escola também uniu o projeto JEPP com outro projeto que já vinha sendo desenvolvido naquela unidade de ensino, o projeto “A UNIÃO FAZ A VIDA”,  que também é oferecido pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com o sistema cooperativo de crédito (SICREDI), tendo como coordenadora local a prof.ª Elizangela Aleixo.

Todas as informações são da diretora Lucélia Almeida, que acrescenta a participação da diretora do SEBRAE, Erika, e a instrutora do Sebrae,  Giselma, ambas, que demonstraram estarem impressionadas com o trabalho desenvolvido e já propuseram  novo convênio do projeto JEPP  com a Secretaria de Educação do município de Nobres para 2018.

De acordo com a diretora Lucélia Almeida, a importância da comunidade escolar em receber novas fontes de conhecimento e de informação com cursos e projetos que melhorem e capacitem profissionalmente professores e alunos em prol do desenvolvimento da comunidade como um todo.

Lucélia Almeida agradece a todos por esse olhar positivo para aquela escola, localizada em um bairro de tantas carências sociais e econômicas, levando em conta que o saber a partir de uma escola criativa e com fortes perspectivas no empreendedorismo tem o condão de mudar o perfil social de toda a comunidade.

“Agradeço a todos, desde o corpo docente, corpo discente e ao pessoal de apoio e, principalmente, a comunidade do bairro pela escola forte que estamos construindo juntos”, avalia a diretora.